FÉ E REVERÊNCIA

O CASTIÇAL, cujo nome de origem hebraica é “menoráh”, é também chamado nas escrituras sagradas de “Candelabro”, “Candeeiro”, “Candeia”, “Lâmpada”. Constitui-se num dos objetos sagrados mais importantes e significativos da cultura e da FÉ judaica, e do cristianismo.
O Castiçal sagrado foi construído por Moisés, sob ordem de Deus, em ouro, com 7 lâmpadas para iluminar à sua frente (Êxodo 25: 31-37).
Quando o Senhor Jesus apareceu com o Seu corpo glorificado para o apóstolo João na ilha de Patmos, Cristo se manifestou de maneira maravilhosa e gloriosa a João, ou seja, Jesus apareceu no meio dos sete castiçais de ouro (Apocalipse 1: 9-15).
Nesta passagem da Palavra aprendemos que o Castiçal é um objeto sagrado de vinculação espiritual divina, pois tanto no Velho Testamento, quanto no Novo Testamento, ele é mencionado na Bíblia inúmeras vezes.

MISTÉRIOS DO CASTIÇAL SAGRADO
PERFEIÇÃO DE DEUS: Na numerologia bíblica, o número 7 significa pleno, perfeito, completo, cheio e absoluto. Em 7 dias Jesus FEZ a obra de Sua criação (Gênesis 2: 2).
SETE VIRTUDES DO ESPÍRITO: O Castiçal nos revela SETE virtudes proféticas do Espírito Santo na vida de Jesus – O Messias (Isaías 11: 2).
A IGREJA DE JESUS: Na revelação do Apocalipse, João viu Jesus no meio dos SETE castiçais de ouro, e o próprio Cristo revela para João que cada Castiçal era uma igreja, perfeita, sem mácula, sem defeito (Efésios 5: 25-27).
SETE LÂMPADAS DIANTE DO TRONO DE DEUS: Visão gloriosa que o apóstolo João teve das SETE labaredas de fogo diante do trono do Altíssimo (Apocalipse 4:5).
SETE OLHOS DE DEUS: Soberania de Deus em SABER, VER e FAZER; onisciência, onividência, onipotência (Apocalipse 5: 6).

MISTÉRIO DO CASTIÇAL DA PRIMEIRA GLÓRIA E DO CASTIÇAL DA SEGUNDA GLÓRIA
O primeiro CASTIÇAL representa a primeira ALIANÇA: Quando Deus prometeu fazer de ABRAÃO uma numerosa nação, Ele estava fazendo, e firmando, Sua ALIANÇA com o homem, aliança que estenderia por toda a sua geração (Gênesis 12: 1,2).
E como Deus havia prometido, de Abraão nasceu Isaque, de Isaque nasceu Jacó, e de Jacó nasceram doze filhos, dos quais surgiram a poderosa nação israelita que encheu a terra (Êxodo 1:7). Mas se faz importante lembrar que nessa primeira ALIANÇA, (PRIMEIRO CASTIÇAL), Deus só tinha compromisso com Israel, somente Israel tinha a chance do melhor; somente Israel (Êxodo 23: 31). Transferindo para os dias de hoje, já vivemos o tempo da primeira glória, do primeiro CASTIÇAL, quando então muitos conquistaram a realização, mas muitos ainda não.
O segundo CASTIÇAL representa a segunda ALIANÇA: Nova Aliança que Jesus nos trouxe através do Seu Sangue, a segunda chance para se conquistar a realização (Hebreus 8:13).
E nesse ano – 2018 – iniciou-se o tempo da segunda glória. E, como diz as sagradas escrituras, o poder, o esplendor e a Glória do segundo CASTIÇAL é MAIOR que a Glória do primeiro CASTIÇAL (Ageu 2: 8,9).
UMA QUESTÃO DE FÉ
O que você não conseguiu, não realizou, não conquistou ainda, é agora tempo de conquistar, pela Palavra! Tempo em que Deus lhe levantará; lhe colocará por cima; tirará você do final da fila, e lhe colocará em primeiro lugar, para que você reine EM VIDA (I Samuel 2: 7,8).

© 2017 | Reino dos Céus | Todos os direitos reservados